Cupincha



Vinícius foi o único parlamentar amapaense citado como integrante da tropa de choque de Eduardo Cunha, em Brasília.
De pote em pote, ganhou notoriedade a partir de seguidos apartes ‘apenas com intenção de interferir no trabalho da Comissão de Ética’, na avaliação da imprensa.
Pegou mal.