Resistência



Pregando que a verdade logo, logo vai se impor graúda, Auzier, Roseli e DaLula reagem a insinuações do advogado Eugênio Mártires sobre suposta ‘ficha suja’ na polícia.
Não o reconhecem como porta voz de Moisés e consideram declarações à imprensa ‘descabidas, ofensivas e fruto de manobra frustrada pra tentar ganhar opinião pública”, disparam.