Estima



A quem interessar possa, não sou cachorro, não!
Mas também gosto de ser tratado como ‘amigo e bom companheiro.’
Vale lembrar: “Tudo que vai, volta!”.