Privação



Todos perdem com a crise, principalmente a classe mais pobre da população, porque, com aumento dos índices de desemprego, passam a depender do que especialistasa chamam de ‘mendicância institucional’, avaliam estudiosos.