Aplausos



Dos 67 policiais militares à disposição da Alap, pelo menos 40 deles Kaká planeja devolver pro quartel.
Boa, presidente!