Improbidade



Júnior Favacho (PROS) foi enquadrado pelo MP-AP, que o denuncia de improbidade administrativo por juntar cópia fraudulenta do Diário Oficial do Estado em processo judicial.