Ultimato



Justiça Federal deu prazo de 15 dias para que GEA e a empresa AP Turismo normalizem emissões de passagens pendentes do TFD, com multa diária de R$ em caso de desobediência.