Oportunismo



“A passagem para Belém, por exemplo, custa R$ 130, mas se aproveitando da demanda, alguns oportunidades cobram às vezes bem mais, em flagrante violação ao direito do consumidor”.
Wellington Franco (Procon):