Entrave



Valdinei Amanajás (Caesa) reclama que ainda não foi iniciada construção de reservatório de água na área onde funcionava o Aninga porque duas famílias que ali moram irregularmente impedem a posse do imóvel.