Inocência



Tjap rejeitou denúncia do MP contra Marilia Góes (PDT) no contexto da Operação Mãos Limpas.
A ver com suposta fraude na contratação do Instituto Vidas Parceiras, quando na SIMS, em 2009.