Apoio



Waldez ratifica o que prometeu na campanha e diz que vai apoiar o carnaval em 2019. Só não aceita que GEA seja o único provedor.
Significando dizer que empresas privadas terão que participar da empreitada e, claro, escolas de samba fazendfo seu dever de casa.