Reação



Mais de 2 milhões de assinaturas já engrossam abaixo-assinado virtual, do Partido Novo, contra o reajuste de 16,38% no salário dos ministros do STF.