Retrocesso



Ao contrário de Temer, que cedeu a quase todos os apelos dos governadores, Bolsonaro sinalizou nesta quarta (14), em BSB, que prioridade é “arrumar” o governo federal, deixando os entes para 2º plano.