Atraso



Indiciado por porte ilegal de arma de fogo e ameaça, advogado Bruno Mendes teve residência vasculhada pela Civil, nessa segunda, 8.

Tiras foram atrás do revólver que ele usou em confusão no trânsito de Macapá.