Contraponto



Advogado contesta acusação do CRM na Justiça contra optometristas de que eles não podem prescrever órteses nem próteses.

Abelardo Júnior afirma que podem, habilitados pela lei do Ato Médico regulamentada em 2013, e que já recorreu da decisão.