Colaboração



Juan Mendes (Sesa) reafirma que operação da PF, que apura possível desvio de medicamentos na CAF, recebe toda colaboração possível do Estado.

Adiantando que governo repudia qualquer ato criminoso praticado por servidor estadual contra a saúde pública.