Indiciado



Pastor Guaracy (PSL), que concorreu à prefeitura de Macapá ano passado, foi indiciado nesta segunda (3) pela Polícia Civil, pelo crime de LGBTfobia. Durante a campanha ele fez declaração dizendo que não apoiaria Josiel e nem Furlan, no 2º turno, porque eles apoiavam a comunidade LGBT, o que ia de encontro aos conceitos religiosos dele.

Mas, ao fim e ao cabo, apoiou Furlan