17 de julho de 2024
Compartilhe

Maritalmente já dividindo mesmo edredom, Ofirney paga multa e fica livre (estadual), mas a esposa Patrícia, com bronca na justiça, ainda depende de liminar do TSE pra também concorrer em outubro (federal).

Enfim, para que só assim marido e mulher sigam felizes, politicamente, até que as urnas os separe.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.