17 de julho de 2024
Compartilhe

“Agora, a Petrobras tem pela frente uma nova jornada: explorar a região de águas ultraprofundas da Margem Equatorial Brasileira, região que vai desde o Amapá, passando pelo Pará, Maranhão, Piauí, Ceará, até o RGN.

E é nessa nova fronteira que ganha destaque a região conhecida como ‘Amapá Águas Profundas’, no litoral Norte do país junto à fronteira com a Guiana Francesa.”

É um dos trechos do artigo ‘Amapá Águas Profundas: nova fronteira exploratória para petróleo e gás no Brasil”, de Mário Carminatti, atual Gerente Executivo de Exploração da Petrobras, já disponível no site do Diário do Amapá.

Vale a pena acompanhar.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.