A mil



“Agora é ganhar ou ganhar”, no dizer de apoiadores do delegado Charles Corrêa, da PC, já na pista e animadíssimo com aceitação de sua pré-candidatura a federal (PL), em outubro.