13 de abril de 2024
Compartilhe

TRE-AP suspendeu atividades do Agir, a pedido do Ministério Público Eleitoral.

Contas do partido foram julgadas não prestadas, sob presidência da coronel PM Palmira.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.