Boca de siri



Dos vices à prefeitura, até agora só Dayanne Lima (Dora) e Adiomar Veronese (Gilvam) ja se fizeram ouvir na propaganda eleitoral no rádio e televisão.
Outros, mudinhos ainda.

Cadê?



Por ofício, o MP está cobrando da Alap maiores informações pra fortalecer investigações sobre Operação Títulos Podres.
É mais turbulência à vista.

Sem exagero



De repente, começa a não colar mais um trisco qualquer em gente do MPF ser logo atribuído a ‘artimanhas’ pra inviabilizar a Operação Lava Jato.
Nem tanto ao mar, nem tanto à terra, como dito no populesco.

Trapalhões



Também no Amapá, pra não destoar enredo, o TRE já identifica doações feitas por gente com registro no Bolsa Família.
Jeitinho brasileiro pra inglês ver e bobo velho agreditar.
Ô, gente!

Acordo



Lucas não aceitou ser vice de Clécio porque Davi prometeu ceder aba no seu chapéu pra elegê-lo deputado federal, em 2018.
Acreditou!

Palhaçada



Tal qual a primeira, pela qual, inclusive, se elegeu vereador, continua uma ‘gracinha’ aquela propaganda do Rocha do Sucatão (PT), no horário eleitoral.
Mas é assim que o povo gosta, né?

Tudo ou nada



Por conta da cassação de Mira, se afasta ou não afasta, enquanto recorre, presidente Jaci foi levado ao ‘paredão’.
Com uma condição imposta: “se afastar, a mesa toda renuncia e o presidente, por efeito dominó, também cai de podre.”
Virou modus operandi.

Equilíbrio



Pode-se falar o que quiserem de WGóes, mas, até onde se escuta e vê, nunca que o governo dele tenha ou esteja fazendo ‘caça às bruxas’, por conta de interesses políticos contrariados.
Justiça seja feita.

Insistência



Por conta e risco, enquanto recorrem ao TSE, Cristiano e William seguem botando sola sobre solo como candidatos à vereança, em Macapá.

Balançando



Robson sofre outro revés, agora pela caneta do juiz Normandes, mantendo inelegibilidade já cantada em prosas e versos pelo promotor Adilson (eleitoral).

De pé



Mesmo com carimbo de inelegível, Robson mantém candidatura em Santana, na esperança de que o TSE aceite argumentos em recurso já a caminho de Brasília.

Confusão



Nem que sim, nem que não sobre venda, mas área da UNA, no Julião Ramos, já está cercada como se pronta pra começo de obra.
Barulho à vista.

Plano B



Dando asas pro seu ‘achismo’, Ruy Smith (PSB) faz repercutir no altofalante da praça:
“Além de Gilvam Borges, WGóes também está apoiando Aline Gurgel”, arrisca.

Desligado



A menos de 30 dias do sufrágio, eleitor pouco fala sobre eleição, em Macapá principalmente, diz pesquisa encomendada por uma instituição empresarial.

Perigo



Sobre o Macapá Hotel a Deus dará, leitora @macilenee conta, no Instagram, caso de uma adolescente que teria sido ‘atacada e violentada’ no lugar.
Lamentando descaso das autoridades, ela considera aquilo como um risco iminente à integridade física e moral das pessoas que o frequentam.