Na justa



Pleno do TCE/AP apreciou e julgou 66 processos em duas Sessões, entre os quais a representação contra a Prefeitura de Mazagão por contratar escritório de advocacia sem licitação – arquivado por falta de provas.