Lavagem



“Não se comprava combustível, apena simulava-se para que o dinheiro público se tornasse privado. E isso é apenas ‘a ponta do iceberg’, porque mais ações ainda estão em curso”, no relato do procurador Benjamin Lax (MP), neste sábado (17)