Negociação



“Em contrapartida aos cortes, a CEA está dando condições para que inadimplentes quitem os seus débitos. A empresa oferece isenção de 100% nos juros e multas, entrada apenas equivalente a 2 faturas, com parcelamento em até 60 vezes”.
José Anselmo, diretor