Barganha



Bancada federal tem que aproveitar ventos a favor e garantir investimentos de peso no Amapá.
Palácio do Planalto abre temporada de caça aos votos para aprovar a reforma da previdência, pagando R$ 40 milhões em emendas por cada voto favorável.